Construindo sites com PHP – Introdução

Disponibilizamos o máximo de exemplos possível, todos esclarecedores e com muita explicação. Seja você também um expert em PHP.

Mais uma série de umas das linguagens mais usadas no mundo Web, mas antes de começarmos, você deve ter uma noção básica de HTML, CSS e JavaScript. Se você quiser estudar esses assuntos antes, nós temos uma grande série para cada um deles, sugiro que você as leia e depois continue com estudo do PHP.

Chega de enrolação e vamos para o que interessa.

O PHP é uma linguagem de script do lado do servidor, ou seja, ela vai ser compilada no servidor. Também é uma ferramenta poderosa para criação de site dinâmicos e interativos.

PHP é um acrônimo para Hipertext Preprocessor. Pré-processador de Hipertexto. É uma linguagem de script de software livre, você pode baixar e usar a vontade.

O PHP é uma linguagem tão poderosa que os maiores CMS foram escritos com ela, WordPress, Joomla, Magento, Moodle, Silex, Slim, Symfony e várias outras (inclusive todos os sistemas feitos por nós) a lista é enorme. A maior rede social (Facebook) é escrita com PHP. Mas não se assuste, ele é incrivelmente fácil, tanto para experientes com linguagens de servidor quanto para iniciantes.

O que é um documento PHP?

Documentos php são arquivos com extensão .php, ele pode conter texto, HTML, CSS, JavaScript e o próprio código PHP (lógico). O código é executado no servidor e o resultado é retornado para o navegador como HTML simples.

Com PHP você pode criar páginas dinâmicas. Pode criar, abrir, ler, escrever, excluir e fechar arquivos no servidor. Pode coletar dados de um formulário. Pode enviar e receber cookies. Pode adicionar, excluir, alterar e ler dados de um banco de dados. Controlar acesso de usuários em páginas restritas, criptografar dados, enfim, as possibilidades são muitas para escrever aqui.

É importante você saber que com PHP não estamos limitados a gerar simplesmente HTML, podemos imprimir imagens, arquivos PDF, e até mesmo filmes em Flash, é isso aí, filmes, você ainda pode produzir textos como XHTML e XML.

O PHP é executado em diversas plataformas (Windows, Linux, Unix, Mac OS X, etc.). Também é compatível com quase todos os servidores (Apache, IIS, etc.). Tem suporte para uma ampla gama de banco de dados. É grátis e fácil de aprender.

Agora que você está convencido a usar o PHP, vamos entrar numa parte mais prática. Instalação.

Você pode escrever seus códigos e salvar em um host já configurado para interpretar o PHP, mas se você quer testar localmente, então precisa seguir umas das opções abaixo.

Você pode fazer a instalação separadamente do servidor WEB (Apache ou IIS), do próprio PHP e do banco de dados que irá usar. Assim você tem mais liberdade nos seus projetos. Nesse caso, consulte o site oficial do PHP (php.net), lá você encontra instruções da instalação do PHP: http://php.net/manual/en/install.php

Eu recomendo que use o trio Apache, PHP, MySQL. Na grande maioria dos sistemas web esse trio se faz presente. Nesse segundo caso fica mais fácil a instalação, podemos usar um instalador automático, se estiver no Linux, use o Lamp, se estiver no Windows, use o Wamp. Ele já instala em sua máquina o servidor Apache, a última versão do PHP e o banco de dados MySQL: http://www.wampserver.com/en/. Basta clicar no executável e ir dando next até o fim.

Essa foi uma breve introdução, se você se interessou em aprender PHP, continue a série, tenho certeza que não irá se arrepender. Se você tiver alguma dúvida, pode entrar em contato conosco nas redes sociais, pelo whatsapp ou pelo nosso formulário de contato.

Aprenda as principais linguagens usadas na WEB.

Aqui você tem acesso gratuito às principais linguagens de programação web, não perca tempo, acesse nosso conteúdo e começe a programar agora mesmo.

Compartilhe:

Sobre o autor

Analista de Sistemas com foco atual na área de WEB. Amante de boa música, estratégias criativas. Gosto de trabalhar com quem tem talento, se não for para ser perfeito, melhor nem começar. Gosto de liderança, estratégias e, principalmente, pôr a mão na massa.